LIGO detectou fortes ondas gravitacionais vindo da estrela Betelgeuse indicando que pode te finalmente EXPLODIDO

Alpha Orionis (α Orionis), conhecida como Betelgeuse, é uma estrela de brilho variável sendo a 10ª ou 12ª estrela mais brilhante das que podem ser vistas da Terra. É também a segunda estrela mais brilhante na constelação de Orion. Apesar de ter a designação α (“alpha”) na Classificação de Bayer, ela não é mais brilhante que Rigel (β Orionis).

Betelgeuse é uma estrela supergigante vermelha, e uma das maiores estrelas conhecidas, sendo de grande interesse para a astronomia. O diâmetro angular de Betelgeuse foi medido pela primeira vez em 1920-1921 por Michelson e Pease, sendo uma das cinco primeiras a serem medidas usando um interferómetro no telescópio de 100 polegadas do Monte Wilson. O seu diâmetro é de 887±203 vezes o do Sol. No diâmetro máximo, a estrela seria maior que a órbita de Saturno se colocada no lugar do Sol.

Os astrônomos prevêem que Betelgeuse pode passar por uma supernova tipo II. No entanto, as opiniões estão divididas quanto ao momento em que isto deve ocorrer. Alguns sugerem que a variabilidade actual como um sinal de que já está na fase de queima de carbono do seu ciclo de vida, e deve sofrer uma explosão supernova aproximadamente nos próximos mil anos.

Porém, os últimos dados recebido pelo LIGO (Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro Laser em Português ) algo gigantesco pode ter acontecido naquele local no céu.

Caso seu astrônomo local pareça agitado, o detector de ondas gravitacionais de cachorro grande @LIGO acabou de detectar um surto de ondas gravitacionais ‘desconhecido ou imprevisto’ em algum lugar profundo no espaço.

É razoavelmente bem localizado, então você pode apostar que todos com um telescópio apontaram para aquele pequeno pedaço de céu no momento.

(@d_a_howell salienta que está localizado muito perto da estrela Betelgeuse, que se comporta de maneira estranha)

Betelgeuse está na região de contenção de 90% para este evento de onda gravitacional. Apenas dizendo …

Ainda não se sabe se realmente a estrela tenha tido uma supernova já que a luz ainda demoraria pra chegar na Terra e a explosão não causaria nenhum dano ao planeta devido a grande distância. Mas a estrela vai tornar-se pelo menos 10000 vezes mais brilhante, o que significa um brilho equivalente ao de uma Lua crescente. Entretanto alguns crêem que ela pode chegar ao brilho de uma Lua cheia (mv = -12.5). Esse fenómeno deve durar por alguns meses, parecendo uma pequena Lua cheia com a cor de uma lâmpada incandescente à noite e facilmente visível durante o dia. Após esse período a estrela vai apagar-se gradualmente até que após alguns meses ou anos desapareça completamente e Orion perca o ombro direito.

Evento do século está vindo

1 Curtida

Betelgeuse extremamente iconica e lendaria

mil anos

Isso é antigo com esses novos dados podem mudar a data

tocaram o TUN no espaço

Old vai ofuscar a constelação inteira

Meu sonho. Ja quero tirar foto e por no instagram.

então se rolou é capaz de ter como se fossem a luz de duas luas no ceu da terra?

Quando isso acontecer já estaremos extintos

Sim

A estrela tá com oscilação no brilho ultimamente e subindo

Amo, histórico