Liziane Gutierrez, que integra grupo de ajuda a refugiados na Ucrânia, diz que voluntários andam com escolta

A modelo e influenciadora digital Liziane Gutierrez continua com o trabalho voluntário na região da Ucrânia, que está sob o ataque russo. Ela e outros integrantes de uma ONG auxiliam os refugiados e também no transporte de suprimentos. Nesta quarta-feira, Liziane contou que agora precisam andar com escolta na região. Isso porque, segundo ela, voluntários que atuam por lá teriam sido sequestrados.

“Por conta de voluntários que foram capturados, agora é assim que a gente anda na Ucrânia”, comentou ela, em sua página, que mostra o veículo que está a frente do dela, ao afirmar que está na região de Lutsk, perto da fronteira com a Polônia.

“Por causa do sequestro com alguns voluntários pelo exército russo, agora estamos andando com escolta.Dá medo estarmos expostos assim”, comentou ela.

Liziane integra a equipe de trabalho voluntário na fronteira do país com a Polônia, para onde muitos ucranianos têm fugido por conta da guerra. Ao site norte-americano “TMZ”, Liziane, no local há cerca de duas semanas, contou que se conectou com o grupo de voluntários após o início da guerra e vem trabalhando junto com militares na distribuição de suprimentos vitais para os hospitais.

Ainda de acordo com o que ela disse ao portal, isso engloba desde remédios para dor, seringas e até máquinas de ultrassom.

Liziane (colete laranja) posa durante os trabalhos na fronteira da Polônia com Ucrânia

Liziane (colete laranja) posa durante os trabalhos na fronteira da Polônia com Ucrânia Foto: Reprodução - Instagran

Liziane (boné cinza) posa durante o trabalho

Liziane (boné cinza) posa durante o trabalho Foto: Reprodução - Instagram

Liziane Gutierrez realiza trabalho voluntário na Urcânia

Liziane Gutierrez realiza trabalho voluntário na Urcânia Foto: Reprodução - Instagram

Rússia lixo, que ela e os demais realizem o trabalho com êxito.