MARIANNA ALEXANDRE: Atriz faz investigação nos bastidores e descobre quem matou Amarilis em Gênesis

Em Gênesis, Amarilis (Marianna Alexandre) morrerá após ser envenenada, o que encerrará a participação de sua intérprete na trama. Porém, antes de deixar o folhetim, a atriz decidiu imitar a personagem, bancar a detetive e ir atrás do assassino --a identidade do culpado será um mistério na novela da Record. Depois de investigar e ler vários capítulos, ela descobriu a pessoa responsável e não esconde sua surpresa com a revelação.

“Falei: ‘Não é possível’. A pessoa [que interpreta o culpado] levou muito na esportiva, foi muito engraçada a reação. Ela virou e falou: ‘Pois é, matei. Mato vários’”, conta Marianna, aos risosm em entrevista ao Notícias da TV. A intérprete, entretanto, mantém o mistério e evita citar nomes: “Guardei a sete chaves”.

O que a artista adianta é que a morte de Amarilis terá um profundo impacto nos rumos da história. Para começar, antes de morrer, a nobre acusará Kamesha (Kizi Vaz), uma das mulheres do faraó, de tramar contra ele. Por isso, ela será exilada. Ao mesmo tempo, a atriz ressalta que Sheshi (Fernando Pavão), que até então é um soberano justo e próximo do povo, se tornará amargurado e ríspido após a morte da irmã.

Ela explica que se baseou na própria família para construir essa relação próxima entre os dois irmãos. “Eu tenho uma irmã mais nova. Essa relação que construí com o Pavão foi muito baseada na relação que tenho com ela, de uma cumplicidade, uma troca muito bonita”, destaca.

As cenas da morte de Amarilis, estavam previstas para irem ao ar na sexta-feira (17). Entretanto, devido ao capítulo maior que a Record exibiu para emendar o folhetim bíblico à estreia do reality A Fazenda, a expectativa é que sejam exibidas já nesta quinta (16).

A novela é a primeira de Marianna, que nunca havia morrido em cena antes. Apesar da curta passagem, ela se mostra feliz com a intensidade de sua personagem. “Quando peguei o roteiro, li e vi que morria, uma sequência de morte muito legal. Apostaram em mim, e estou doida para ver essa cena. Eu tive que pesquisar muito para não ficar falso”, relembra.

Desde fevereiro de 2020, a atriz já sabia o destino de sua personagem, uma vez que o processo de preparação começou no ano passado. Porém, com a paralisação dos trabalhos por causa da pandemia de Covid-19, ela ficou meses ansiosa com o que ia acontecer. Agora, está curiosa para ver a reação do público: “Vão chorar, vão ficar muito tristes. A personagem é muito amorzinho, as pessoas se identificam”.

Do teatro para a TV
Com trabalhos no teatro, sobretudo em musicais como Se Meu Apartamento Falasse e A Noviça Rebelde, Marianna diz que foi “picada pelo mosquito das novelas” e que não pretende parar tão cedo. “[A TV] Me encantou muito. Acho muito interessante ver como tudo funciona. É tudo muito rápido, gostei muito de trabalhar nesse universo”, celebra.

Ela mantém seus projetos futuros em sigilo, mas adianta que também realizou alguns trabalhos em dublagem, outra de suas paixões. “Todo mundo estava precisando desse respiro. As engrenagens estão voltando a funcionar”, comenta, sobre o retorno dos meios culturais.

A atriz ainda brinca que gostaria de retornar à trama, mesmo que em um flashback, para poder cantar um pouco, já que Gênesis tem algumas sequências musicais. “Quero muito um solo da Amarilis. Pega os créditos da novela e coloca a Amarilis cantando!”, se diverte.