MEC divulga datas e regras para Sisu, ProUni e Fies no 2º semestre

O MEC (Ministério da Educação) divulgou os editais com as datas e regras para a segunda edição de 2021 do Sisu (Sistema de Seleção Unificada), do ProUni (Programa Universidade para Todoso) e do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

Os estudantes que pleiteiam uma vaga no ProUni e Fies poderão usar pela primeira vez neste ano as notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2020, cuja prova foi aplicada em janeiro de 2021, já que no primeiro semestre os alunos tiveram que utilizar a nota do Enem do ano de 2019.

Confira o cronograma:

ProUni

Inscrições: de 13 a 16 de julho
1º chamada: 20 de julho
Comprovante das informações: 20 a 28 de julho
2º chamada: 3 de agosto
Comprovante das informações: 3 a 11 de agosto
Inscrição na lista de espera: 17 e 18 de agosto no site do ProUni
Divulgação da lista de espera: 20 de agosto
Comprovação das informações: 23 a 27 de agosto

Poderão se inscrever no ProUni os alunos que fizeram o ensino médio apenas em escola pública ou que foram bolsistas de forma integral em instituições privadas;
Pessoas com deficiência podendo ser de escola pública ou privada;

Não tenha diploma de graduação;

Fez o Enem 2020, tirou a nota mínima de 450 pontos na média de todas as notas do exame e não tenha zerado a redação;

Possuir renda familiar mensal bruta, per capita, de até 1,5 salário mínimo para concorrer a bolsa integral; Para bolsa parcial de 50% o estudante tem que comprovar a renda mensal, per capita, de até três salário mínimos;

Professores da rede pública de ensino que estejam trabalhando na educação básica, independente da renda.

Fies

Inscrições: de 27 a 30 de julho
Resultado dos pré-selecionados em chamada única: 3 de agosto
Prazo para complementação da inscrição dos pré-selecionados na chamada única: 4 a 6 de agosto no site do Fies
Lista de espera: 4 a 31 de agosto

Sistema de financiamento estudantil nas universidades particulares, poderão pleitear uma bolsa no Fies os alunos que tenham realizado o Enem a partir da edição de 2010, com média mínima de 450 pontos e com nota superior a zero na redação.

O aluno precisa comprovar possuir renda familiar mensal bruta, per capita, de até 3 salários mínimos.

Sisu

Inscrições: de 3 a 6 de agosto
Resultado: 10 de agosto
Período de matrícula: 11 a 16 de agosto
Inscrição na lista de espera: 10 a 16 de agosto
Convocação da lista de espera: 19 de agosto

Porta de entrada para as universidades federais, o estudante que quiser concorrer a uma vaga no Sisu precisa ter realizado a prova do Enem 2020 e não pode ter zerado a redação.

Enem 2021

Este ano, as provas impressas e digitais do Enem 2021 serão aplicadas nas mesmas datas, em 21 e 28 de novembro, de acordo com calendário divulgado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

Veja abaixo o cronograma do Enem 2021

Inscrições: de 30 de junho a 14 de julho
Pagamento da taxa de inscrição: até 19 de julho. A taxa é de R$ 85
Atendimento Especializado: solicitação de 30 de junho a 14 de julho; resultado em 23 de julho; recurso de 26 a 30 de julho; resultado do recurso em 4 de agosto
Tratamento pelo Nome Social: solicitação de 19 a 23 de julho; resultado em 30 de julho; recurso de 2 a 6 de agosto; resultado do recurso em 11 de agosto
Recurso da justificativa de ausência e solicitação de isenção da taxa de inscrição: 14 a 18 de junho
Resultado do recurso da justificativa de ausência e solicitação de isenção da taxa de inscrição: 25 de junho
Provas: 21 e 28 de novembro

O edital também traz os horários de aplicação das provas, abertura e fechamento dos portões.

Abertura dos portões: 12h (de Brasília)
Fechamento dos portões: 13h
Início das provas: 13h30
Término das provas no 1º dia: 19h
Término das provas no 2º dia: 18h30.