Mulher ofende pai e filho com injúrias raciais no DF, é presa por policial, mas é solta após pagar fiança

Pintores, pai e filho são alvos de racismo: “Essa ______ dos inferno”; veja vídeo

Mulher racista foi surpreendida ao receber voz de prisão de uma policial e um bombeiro militar que estavam à paisana no local. Ela pagou fiança de R$ 1 mil, foi liberada e vai responder por injúria racial

Por Plinio Teodoro

29 jul 2021 - 09:30

Alcides de Jesus Santos, 39 anos, e José Barbosa dos Santos, 70 anos, pai e filho que são profissionais da pintura, foram alvos de um ataque racista quando observavam um trabalho realizado no Taguatinga Shopping, no Distrito Federal, na manhã desta quarta-feira (28).

Pai e filho brincavam sobre a tecnologia usada na pintura da parte exterior do shopping quando uma mulher passou pela calçada e atacou os dois.

“Essa negraiada dos inferno. Saí, vai pro inferno”, disse a racista.

No entanto, no momento da agressão, uma policial e um bombeiro militar estavam à paisana, passando pelo local, e deram voz de prisão à mulher. A racista tentou agredir os dois militares, mas foi contida e levada à delegacia.

A racista – que não teve a identidade revelada – pagou fiança de R$ 1 mil e foi liberada. Ela vai responder por injúria racial.

A nojenta só pagou 1000 reais de fiançaaaaaaaaa

foi racista e ainda agrediu a policial e tentou fuga, pagou 1k apenas

ue, mas racismo nao é inafiançável?

pague mil reais e seja racista a vontade
que piada

Provavelmente foi presa por injúria racial