Nobel da Paz vai para ativista Narges Mohammadi que sofre retaliações no Irã


Narges Mohammadi, nascida em 21 de abril de 1972 é uma ativista iraniana de direitos humanos e vice-presidente do Centro de Defensores dos Direitos Humanos (DHRC). Em maio de 2016, ela foi condenada a 16 anos de prisão em Teerã, por estabelecer e dirigir “um movimento de direitos humanos que faz campanha pela abolição da pena de morte”. Em 2022, ela foi nomeada na lista das 100 mulheres mais inspiradoras do mundo da BBC.

Mais detalhes:

dolly

Divaram

Admiro ela, tem que ter muita coragem pra protestar em uma ditatura teocrática