Novas reprises mostram que Globo se preocupa mais com ibope do que com a web

Tão logo a Globo oficializou a próxima trinca a ser reprisada na pandemia, a gritaria na internet foi generalizada. Flor do Caribe (2013) ocupará a vaga de Novo Mundo (2017), mas os internautas torceram o nariz para a escolha da trama de Walther Negrão. De fato, a história passa longe de ser emblemática, mas tem duas coisas que, nesse momento, pesaram na decisão da emissora: qualidade técnica e audiência satisfatória.

Esquemática demais, Flor do Caribe foi mais uma das novelas de Negrão a beber na fonte de Tropicaliente (1994). Apesar de ensolarada e para cima, Flor do Caribe flertou com uma trama na… incluída (e mal desenvolvida) na metade final da história. Ainda assim, é um folhetim que tende a fazer o público se esquecer um pouco do momento pesado causado pelo coronavírus.

Além disso, Flor do Caribe tem outro fator relevante: o protagonismo de Grazi Massafera, atriz em alta na Globo depois de brilhar em Bom Sucesso (2019). Como a mocinha Ester, ela já dava mostras de um amadurecimento em sua atuação, o que viria a se confirmar com Verdades Secretas (2015) e, posteriormente, no último fenômeno da faixa das sete.

Já a escolha de Haja Coração (2016) também obedeceu a critérios de audiência. A releitura de Sassaricando (1987) não fez feio no ibope, apesar de não ser uma novela aclamada pelos noveleiros, que torciam pela volta do remake de Ti Ti Ti (2010).

O único senão sobre Haja Coração é que a escolha pode significar mais trabalho para o autor Daniel Ortiz, que viu sua Salve-se Quem Puder ser interrompida no meio e agora terá de se esforçar para não reutilizar fórmulas prontas nem deixá-las evidentes no ar, como o par romântico vivido por Sabrina Petraglia e Marcos Pitombo, repetido nas duas novelas do autor.

Por fim, a mais óbvia das reprises, A Força do Querer (2017), embora ainda esteja fresca na memória do público, foi um acerto da emissora, principalmente quando comparada ao horror narrativo que é Fina Estampa (2011).

Sem o exótico de outras culturas, a história de Gloria Perez, uma das mais bem contadas de sua carreira, é extremamente brasileira, tocou em temas relevantes da atualidade de uma maneira sensível e ainda contou com um desempenho excepcional de Juliana Paes, eternizada como a traficante Bibi Perigosa.

Por mais gritaria que a internet fizesse, as escolhas mostram que a Globo não está muito preocupada com hashtags e memes, mas sim com números que satisfaçam o departamento comercial, que mais do que nunca precisa mostrar serviço.

Ironicamente, a emissora desperdiçou seus tesouros no Vale a Pena Ver de Novo. Avenida Brasil (2012) e Êta Mundo Bom! (2016) foram reprisadas na faixa vespertina, o que impossibilita a exibição dos grandes sucessos em seus horários originais. Por outro lado, os dois títulos se mostraram essenciais para aquecer a audiência da tarde e manter os telespectadores ligados na emissora.

Para o público saudosista de grandes clássicos da teledramaturgia, o recado é claro: ele não vai ficar órfão, mas não vai ser na tela da TV que terá a chance de matar a saudade. Se quiserem, que se satisfaçam com os relançamentos do Globoplay.

Ainda bem que eles não ouvem a web
Todas as novelas que a Web pediu floparam. A Globo já aprendeu

Quais foram muito flop? Vejo o povo pedindo beijo do vampiro kkkk eu morro que o povo fica nessa de nostalgia e esquece a bomba sem precedentes que essa novela era kkkk ia ser o maior flop da história

E as que eles escolheram pra agora vão flopar sim amigo

1 Curtida

Exato, a internet representa um pequeno nicho a globo quer audiência das pessoas reais que chegam do trabalho e querem ver pastelão e que são a maioria. No mais, péssimas escolhas de reprises. A atuação da grazi em FDC é vergonhosa, depois ela melhorou…

eu morro que ficam nessa de tramas leves e vão botar o corona em amor de mãe etc

As pessoas no twitter pediam celebridade, o profeta, cobras e lagartos e todas floparam

Falaram que EMB iria flopar muito e tirar o que AB fez. O que não aconteceu. Acredito que flor do caribe vai fazer mais que novo mundo. Só não sei se haja coração vai ser melhor que TD.

todos os dias estão saindo matéria para esmurrar a globo
amo

E tão errados? Kkkkk

É? Floparam por que? Pq foram boas novelas né? Ou não? Leona e Laura suuuuper lendárias. Apesar de celebridade eu entender mais porque as celebridades de atualmente são beeeeem diferentes das da novela, então acho compreensível

1 Curtida

Celebridade e Cobras eu acho que porque tiveram uma edição ruim e envelheceram demais. Já O Profeta não tem explicação

2 Curtidas

Não estão errados né? Eles são uma empresa e precisam lucrar. E quem dá audiência é o gp, não a web.

KKKKKKKKKK 2020 e o povo achando que pedido de internet é sinônimo de prestígio e repercussão. Estão mais que certos.

Impressionante como Bibi Perigosa se tornou o rosto de A Força do Querer né?
Bolsopaes era realmente a winner moral do Melhores do Faustão daquele ano, por isso ela espumou tanto. Geiza e a sereia super imemoráveis rsrs

3 Curtidas

Old que foi fator decisivo

Espumou com razão e depois levou o que deveria ser da Paloma, o ciclo sem fim

1 Curtida

Flor do Caribe é gostosinha, amava ver na época. O Negrão deveria ter se aposentado nessa, triste ele ter parado em Gore Nascente

Não, a winner moral era a Letícia com princesa Leopoldina msm

1 Curtida

Flor do Caribe foi tão delicinha de se acompanhar, bem leve

Vou tentar ver de novo