Novo caldeirão com Marcos Mion terá o consagrado quadro Vale a Pena Ver Direito

Sem tempo para planejar muitas novidades pelo curto intervalo de que dispunha para estrear suas novidades no fim de semana, a Globo decidiu aceitar que Marcos Mion reciclasse o quadro que o havia consagrado na televisão. No novo Caldeirão, que estreia em 4 de setembro, Mion apresentará mais uma versão do que fazia nos Piores Clipes do Mundo, da MTV. O quadro foi usado em demasia no extinto canal musical, na Record, onde chegou a ser um programa solo, e até na passagem do apresentador pela Band.

Chamado de Isso a Globo Mostra, o quadro nada mais é do que Mion em um chroma-key analisando cenas curiosas e engraçadas. Na Record, ele fez sucesso com o Vale a Pena Ver Direito, inclusive uma brincadeira com o nome da faixa de reprises de novelas da Globo, o Vale a Pena Ver de Novo.

A “velha” novidade já estará na estreia de Mion nos sábados à tarde da emissora. A Globo não pôde fazer muita coisa, pois tem menos de um mês para preparar Mion e começar seu trabalho. O apresentador chegou com algumas ideias imediatas e fáceis de serem utilizadas. Ele não poderia apresentar exatamente o mesmo programa que Luciano Huck tem feito.

Alguns quadros do Caldeirão do Huck, como Quem Quer Ser Um Milionário? e Visitando o Passado, irão com o atual titular da faixa para os domingos. Ou seja, preencher com um quadro já conhecido é mais fácil para a equipe do novo programa do que bolar algo do zero.

Quadro de Mion já passou por três TVs
O quadro em que Marcos Mion comenta cenas televisivas diante de uma tela verde começou em 2000. Naquele ano, o apresentador assumiu o Piores Clipes do Mundo, na MTV, e trouxe acidez ao comentar clipes bem ruins da música mundial. O formato era chamado de Pérola Videoclíptica, e foi nele que o vídeo de Green Hair (Japa Girl), clássico de Supla, ganhou o Brasil.

Mion levou o quadro para o Descontrole (2002-2003), seu programa mal-sucedido no horário nobre da Band. Lá, ele tinha o nome de Shit Show. Quando voltou para a MTV em 2004, Mion ficou um tempo sem usar o formato. Só o retomou em 2007, quando estreou o Descarga MTV, um reboot do Piores Clipes do Mundo.

Na Record, o quadro estreou junto com o Legendários, que Mion apresentou entre 2010 e 2017 na emissora. Lá, ganhou o seu nome mais famoso: Vale a Pena Ver Direito. Em 2019, em uma má fase nas noites de sábado, o quadro chegou a virar um programa fixo para comentar os melhores momentos do Power Couple Brasil daquele ano. Não deu muito certo, e a audiência variou entre 3 e 4 pontos.

Durante o período, Marcos Mion também apresentou versões dele em seu canal no YouTube. Uma das análises mais famosas é a da música Despacito, de Luis Fonsi, que conta com mais de 1 milhão de visualizações.

2 curtidas

esse quadro rendia umas coisas engraçadas até KKKKKK

Tem que ter o mionzinho também

1 curtida

NAAAAAHHH

a chatice

Amo! A Globo tem material de sobra pra isso kkk
No BBB isso vai ser o auge

esse quadro é um ****

esse mionzinho vai junto com ele pra globo tbm?
eles dois deram muito certo. e pensar que começaram lá no covernation…

1 curtida

Isso vai ser mt bom quando tiver passando o bbb lkkkkkkkk

Eu amo

1 curtida

aaaar, amo kkkkk

Quero ver ele zoando o povo da Globo

1 curtida

SIM KKKKKKK

adoro kkkkkk

1 curtida

AAAAAA kkkk esse quadro era legalzinho