Olinda é a primeira cidade do país a proibir homenagens a escravocratas e a pessoas ligadas ao período de ditadura militar


Os vereadores de Olinda (PE) aprovaram a primeira lei do Brasil que proíbe homenagem em monumentos e vias públicas a escravocratas e pessoas ligadas à ditadura militar. Aprovada de forma unânime na Casa legislativa, a lei nº 6.193/2021 foi sancionada pelo prefeito Lupércio Carlos (Solidariedade) em dezembro.

De autoria do vereador Vinicius Castello (PT), entre outras coisas, a lei proíbe a nomeação de prédios públicos e vias públicas e prevê a possibilidade de renomeação dos locais, imagens e esculturas na cidade. Além disso, estabelece que monumentos públicos, estátuas e bustos retirados do município devem ser armazenados em museus e identificados com informações referentes ao período escravista ou crimes praticados contra a humanidade. Entre os estabelecimentos estão também prédios que levam o nome de Princesa Isabel (aristocrata, filha do imperador Pedro II) e dos Bandeirantes (homens que atuavam na captura de pessoas escravizadas que fugiam).

10 curtidas

gente? amei

já pode virar moda

@Pernambucanos

achei megrah necessário

7 curtidas

O Cuzil é um país que varreu muita coisa pra baixo do tapete e o povo meio que normalizou homenagens a pessoas terríveis da nossa história

espero que mudem muita coisa nesse país em breve, pq o que tem de rua e monumento pra escravocrata e militar…

10 curtidas

Esmurrou muito

Super necessário

1 curtida

A pisa em Jaboatão que só falta mudar o próprio nome para Presidente Costa e Silva

Amo
E não choca por ser do nordeste

1 curtida

não foi exatamente uma proibição, mas o Governador do Maranhão há um tempo atrás mudou todos os nomes de edifícios públicos com nomes de presidentes do regime militar

Não vai ter mais ninguém pra homenagear kkkkkk

Pois já eu acho bastante difícil isso acontecer, sei lá
Essa medida mesmo vai ter tanta gente reclamando

E digo mais: vai ser muito difícil derrubar os nomes de presidentes e generais militares. Mais fácil mudarem só escravocratas

Vai ter muita gente surtando se pedirem pra tirar os nomes dos Presidentes da ditadura

Isso tinha que ser lei nacional