PASSAGEM DE BASTÃO: Paula Braun e Mateus Solano fazem dança das cadeiras na TV e em casa; entenda

Longe das novelas desde Amor à Vida, Paula Braun vai fazer Cara e Coragem, próxima trama das sete

Longe das novelas desde Amor à Vida (2013), Paula Braun vai voltar ao batente em Cara e Coragem. A atriz estreia no dia 30, no mesmo horário que seu marido, Mateus Solano, atualmente ocupa com Quanto Mais Vida, Melhor!. A passagem de bastão encerra um período de nove anos longe das novelas. O último trabalho da atriz na TV foi justamente na mesma novela que consagrou o ator como o inesquecível Félix.

“Mateus vai me passar o bastão no trabalho, e eu passo para ele em casa. Trocamos as funções durante algum tempo. Enquanto estou fazendo a novela, que me exige bastante, ele cuida mais da casa e dos nossos filhos, que é algo que ele não estava conseguindo fazer tanto. Mateus está feliz de poder estar super presente agora”, diz Paula.

No período em que ficou fora das novelas, Paula continuou trabalhando. Ano passado, ela estreou na direção do documentário Ioiô de Iaiá, que produzia desde 2014, focado na relação de sete casais juntos há cerca de 50 anos. “Parar, a gente não para. Teve o filme, o infantil [espetáculo Creme do Céu, em 2019]… A volta é só às novelas! Mas entendo que esses trabalhos têm menos demanda do que gravar uma novela”, fala.

A decisão de dar uma pausa no ritmo intenso das gravações foi de Paula, que queria dar mais atenção aos filhos, Flora, de 11 anos, e Benjamin, de sete. “Depois da última novela que eu fiz, engravidei do Benjamin e quis aproveitar mais a maternidade e a presença com as crianças. E foi muito bom poder ter essa pausa, porque agora me sinto pronta para retomar o ritmo intenso. Tudo com cuidado, é claro, porque quero continuar sendo presente. Isso não é sacrificante, é um prazer”, explica a atriz de 43 anos.

Na história criada e escrita por Claudia Souto, a atriz será Olívia, bailarina e dona da Companhia de Dança Aérea. A atriz, que iniciou as aulas de balé clássico aos três anos, começou a se familiarizar com o contemporâneo já na fase adulta e encarou a preparação para a novela na dança vertical com a mesma vitalidade.

“Não sou bailarina profissional, mas a dança sempre esteve presente na minha vida. Agora, essa modalidade de dança aérea abriu novas portinhas para mim. Estou amando essa personagem”, comemora Paula.

Olívia é mãe de Lou (Vitória Bohn) e vive um relacionamento às escondidas com Joca (Leopoldo Pacheco) há anos. O instrutor de tênis é pai de Pat (Paolla Oliveira) e casado com Nadir (Stella Maria Rodrigues), mas um mulherengo assumido.

A situação de Olívia e Joca desgasta a relação com Lou, que não se dá bem com o pai exatamente pela condição de “escondidas” em que Joca as coloca em sua vida. Se, na vida profissional, Olívia é decidida e exímia administradora, na vida pessoal ela se deixa levar pelo charme e pelas promessas de Joca.

“Ela é uma mulher como tantas outras, que cria a filha sem muita ajuda, sem um pai tão presente. É amante do Joca há muitos anos e vive uma relação complexa com ele. Ela é quase uma mãe solo, mas é bastante protetora, dedicada e forte”, finaliza Paula.