Pedreiro cantor se surpreende ao saber que música 'Eunuco de Faraó', de sua autoria, virou meme e viralizou após post de Portiolli

A língua portuguesa e suas pegadinhas… Foi por causa de um cacófato (palavra ou expressão obscena ou fora de contexto formada pela sílaba final de uma palavra e pela inicial da seguinte) que Arnaldo Junior foi descoberto. Evangélico, ele é autor da música “Eunuco do Faraó”, que por conta do título ganhou uma paródia em que a cacofonia resultou num duplo sentido e criou-se um novo meme, que, de alguns dias para cá, viralizou após o apresentador Celso Portiolli postar.

“Eu não entendi as pessoas comentando sobre a música. Nem sabia que tinha uma paródia e que estavam compartilhando vídeos com ela”, surpreende-se Arnaldo, que foi informado do meme pelo Extra.

http://extra.globo.com/videos/v/autor-de-eunuco-do-farao-explica-musica-que-virou-meme/9866055

Ao ver um dos milhares de vídeos que estão sendo feitos, principalmente no TikTok, onde o áudio da paródia está disponível, Arnaldo riu. Mas logo concluiu: “Nossa, como canta feio. Esse rapaz estragou a minha música”.

O tom de lamento logo desaparece ao saber que “Eunuco de Faraó”, composta há oito anos e nunca gravada em disco, está fazendo sucesso também em sua versão original. Curiosos, os internautas buscam o autor da canção gospel para saber se ela realmente existe e encontram um vídeo só com a foto de Arnaldo e o áudio da versão verdadeira.

Arnaldo Junior, o compositor de

Arnaldo Junior, o compositor de “Eunuco de Faraó”: surpresa Foto: fotos reprodução Facebook e Instagram

Até virar meme, Arnaldo tinha cerca de 30 inscritos no seu canal. Grande parte formada pelos colegas da igreja Assembleia de Deus, onde ele frequenta e canta louvores, na pequena cidade de Matupá, no Mato Grosso. Agora, já são quase 600 e cerca de 200 mil pessoas visualizaram a canção. “Nossa, aumentou demais! Tomara que gere alguma coisa. Será?”, questiona ele, que trabalha como pedreiro e gravou no quarto de casa a música que conta a história de José do Egito, baseada no que ele leu na Bíblia.

Arnaldo Junior, o compositor de

Arnaldo Junior, o compositor de “Eunuco de Faraó”: surpresa

“Nunca cantei essa música na igreja e esperara para poder lançá-la num outro disco. Mas a carreira ficou meio estacionada. Sou muito simples, não disponho de recursos para gravação em estúdio, essas coisas. Quem sabe agora?”. justifica Arnaldo, lembrando que seu refrão não é “Eunuco do Faraó, Eunuco do Faraó” repetidamente como está na versão proibidona. “Ele não estava só, ele não estava só. Esse é o refrão”, explica.

O curioso é que as pessoas que entram no canal de Arnaldo e se deparam com a “Eunuco de Faraó” original não se decepcionam como era de se imaginar. Pelo contrário. Estão elogiando a letra e a voz do cantor. “Dessa forma tenho que agradecer a essa pessoa que fez virar meme. Foi Deus que ajudou”. Ou o eunuco de faraó…