Pela primeira vez desde dezembro, taxa de transmissão da Covid 19 fica abaixo de 1 no Brasil

A taxa de transmissão (Rt) da Covid-19 no Brasil caiu para 0,93, de acordo com levantamento semanal do Imperial College de Londres, atualizado nesta terça-feira. O índice estava acima de 1, situação definida como “fora de controle”, desde dezembro. Quando fica abaixo de 1, a taxa indica tendência de desaceleração do contágio.

No relatório divulgado na terça-feira passada, o Rt brasileiro estava em 1,06.

O índice atual significa que cada 100 pessoas contaminadas transmitem a doença para outras 93. Dentro da margem de erro calculada pela universidade britânica, a taxa de transmissão brasileira pode variar de 0,80 até 0,95.

Essa é uma das principais referências para acompanhar a evolução epidêmica do Sars-CoV-2 no país. No entanto, especialistas costumam ponderar que é preciso acompanhar a taxa de transmissão por um período prolongado de tempo para avaliar cenários, levando em conta o atraso nas notificações e o período de incubação do coronavírus, que chega a 14 dias.

Por ser uma média nacional, o índice não significa que a doença está avançando ou retrocedendo da mesma forma em todas as cidades e estados do país.

O Imperial College também projeta que o Brasil deve registrar 16.800 óbitos pela Covid-19 nesta semana, uma queda em relação à anterior, quando foram contabilizadas 17.667 mortes pela doença.

Contágio pelo mundo

A maior taxa de transmissão da Covid-19 da semana estimada pela universidade britânica foi na Índia (Rt 1,69), que enfrenta colapso do sistema de saúde em meio a recordes diários de casos.

Em seguida estão Argélia (Rt 1,50) e Afeganistão (Rt 1,49).

Já os menores índices foram identificados na Suécia (Rt 0,40), Espanha (Rt 0,60) e Suíça (Rt 0,65).

De acordo com o levantamento do Imperial College, o mundo registrou, até a segunda-feira, dia 26 de abril, 146 milhões de casos de Covid-19, e mais de 3 milhões de óbitos.

@Coroners

1 curtida

Primeira vez desde dezembro, né

amo ja chamei minhas amigas pra comemorar aqui em casa

Ano passado estava abaixo tbm se eu não me engano

Todo mundo já pegou kkkk

O dia que mais de 200 milhões de pessoas num único país pegar isso, já pode vir o meteoro

Eu tô muito apreensivo que estão achando que com o “fim” dessa onda e vacina a pandemia já acabou, vai dar merda de novo

depois que o virus exterminou meio milhao de pessoas e geral pegou claro que UM DIA ia diminuir porem com a flexibilizaçao galera vai meter o louco e teremos terceira onda no segundo semestre OLD

medo de ser só um suspiro pra verdadeira onda que vem em junho

‘‘Desde novembro’’ e não all time

A maioria das pessoas já se infectaram mesmo…

É o que aconteceu com a segunda onda. Eu tenho mto medo do que está por vir.

felizmente out

o numero de mortes n ta mais 3k, ta 1k/2k, n que isso seja bom, mas é uma “melhora”

Pela primeira vez desde DEZEMBRO
Pra quem não ler acha que é desde o começo da pandemia kk

Mas os dias q dão 3k são Terça, Quarta, Quinta… Semana passada ainda ficou acima de 3k em dois dias…

No mapa qu mostrou no JH não teve nenhum país em alta e o número de queda aumentou, amém

Daí só porque deu uma caidinha liberam tudo pra voltar a subir kkkkkk por isso que a gente fica rodando em círculos isso há mais de um ano

1 curtida

Aí julho o povo tá de férias e vem uma onda gigante em agosto

Fim do Brasil

apaga issooo