PITCHFORK: Quem deveria ser indicado ao Grammy 2024?

Não se engane: esta não é uma tentativa de prever quem realmente receberá indicações ao Grammy este ano. Tão certo quanto o sol nascerá, algum produtor desconhecido de EDM enviará spam para acenar, ou Beyoncé quebrará todos os recordes sem nunca ganhar o Álbum do Ano. As atuais nomeações para os Grammy, que serão reveladas no dia 10 de Novembro, são certamente mais bem acompanhadas pelas publicações da indústria ou pelos criadores de probabilidades de jogo do que pelos críticos culturais.

Em vez disso, aqui está um guia para a música que a Pitchfork defendeu durante o período de elegibilidade – 1º de outubro de 2022 a 15 de setembro de 2023 – organizada nos próprios termos do Grammy – ou seja, o material que deveria receber indicações ao Grammy em categorias selecionadas e ganhar venha fevereiro de 2024.

Album of the Year

Record of the Year

Song of the Year

Best New Artist

Best Rap Album

Best Pop Vocal Album

Best Rock Album

Best Alternative Music Album

Best Dance/Electronic Music Album

Best Progressive R&B Album

Best Alternative Jazz Album

1 curtida

Eles cagaram na cabeça da Taylor sem medo da máfia do cachecol

MIDNIGHTS pior álbum pop do ano

ANTI-HERO não é hit global

GUTS verdadeiro BPVA

VAMPIRE verdadeiro BPSP

5 curtidas

fataram mt aqui

@Polachekers e o Desire segue sendo o verdadeiro AOTY

2 curtidas

e aqui tbm

concordo

fake, pois minha patroa anitta não estar in com funk rave

Pro desespero desses merdas Flowers ROTY e SOTY

Bjos estrelados

1 curtida

Enfiaram até o álbum Just ok da Jessie Ware e nada do Hit Parade da Roisin que é muito superior e eles deram dois Best New Track kkkkkk ridículos.

@Beyhive

A maior injustiça do século no Grammy sempre sendo lembrado

O Grammy do ano passado de Melhor Álbum de Dance/Música Eletrônica foi para Renaissance de Beyoncé: um grande álbum repleto de história da dance music, de um artista que deveria ter ganhado o AOTY. Isso foi uma aberração.

ste ano, uma amostra dos melhores álbuns “dance/eletrônicos” idealmente abrangeria a homenagem esquelética à sensualidade de Fever Ray, o eufórico Cherry de Dan Snaith, a mistura sonhadora de techno e pop vocal de Avalon Emerson, o serenamente percolado With a Hammer de Yaeji, e as beatscapes industriais da banda de Manchester Mandy, Indiana.

1 curtida

chutaram essa transfobica de merda com razao

3 curtidas

@Smilers eles fazendo de tudo pra NÃO aclamarem o hit smash WW flowers

Ah mas teremos indicações em ROTY e SOTY sim pitchy

1 curtida

A miley eu já sabia q eles n iam nem mencionar kkkkk mas a taylor out de tudo me surpreendeu

Esse blog se acha sempre melhor que o Grammy
Eles são tão edgy

Midnights 7.0
GUTS 8.0

olivia in
a queridinha das criticas mesmo

Fala, amiga

Hinário INTOCÁVEL :kissing_heart:

Fala amiga

O BPVA moral

escrito por Marc Hogan KKKKKKKKKKKKKKKKKK

nao foi ele que foi acusado varias vezes de racismo e hate por cima da taylor?

Renaissance sempre sendo lembrado
ai sofro