Prefeito João Campos sanciona lei que proíbe homenagem a torturadores e violadores de direitos humanos no Recife

Recife proíbe homenagens a torturadores e violadores de direitos humanos

Lei vale para denominação de ruas, prédios, monumentos e totens públicos

Uma nova lei proíbe homenagens a violadores de direitos humanos, torturadores e escravocratas no Recife. A sanção foi feita pelo prefeito João Campos (PSB) na terça-feira (26).

O projeto é de autoria da vereadora Dani Portela (PSOL) e tinha sido aprovado pela Câmara Municipal em junho.

De acordo com a nova lei, estão proibidas homenagens a agentes sociais individuais ou coletivos que possuem ligação direta com a ordem escravista, as práticas de tortura e a ditadura militar, cujos nomes estejam presentes no relatório final da Comissão Nacional da Verdade, e agentes do Estado condenados por violações aos direitos humanos.

A regra vale para denominação de ruas, prédios, monumentos, bustos, estátuas e totens públicos.

“Essa lei é importante para que não possamos seguir reproduzindo violências daqui para frente. Entender o que aconteceu no nosso passado é fundamental para não termos que revivê-lo no futuro”, afirma a vereadora Dani Portela.

A nova lei já está em vigor desde a publicação no Diário Oficial do Município, na terça (26).

3 curtidas

Ele tem governado recife com rigidez e dureza

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deve ser tão gostoso sentar nessa tora enquanto recito as melhores frases da Margaret Thatcher gemendo

Ele falando no ouvidinho q não existe almoço grátis por isso que vc tá pagando com o c…