Presidente do Atlético-GO puxa máscara de repórter: 'Somos Bolsonaro'

Adson Batista pegou covid-19, em julho deste ano, ficou afastado do clube por duas semanas e teve 40% do pulmão comprometido. Em entrevista à Rádio Sagres ele afirmou que, quando contraiu o vírus, teve medo de morrer. “Passei por momentos muito difíceis e chega um momento que você que vai perder a batalha. Graças a Deus estou aqui, fortalecido, e não fiquei com nenhuma sequela. Em certos momentos você fica fraco e com dificuldade de alimentar. Fiquei com muita dor de cabeça e tive enxaquecas profundas”, disse o dirigente.

MANOOOO

eu sentava o microfone na fuça dele, babaca.

Eu meteria a mãozona na fuça real

gente? a doença

eu metia um soco

Que doente

Que coisa revoltante.

Goiás
n me admira nadrah

detalhe na mulher que trabalha com ele
olha os comentários

nossa n sabia q ser minion era a cura para a covid

ele poderia ter revidado né? um socão na boca.

Isso já virou doença, meu Deus

1 curtida

esse povo do futebol não presta um né, impressionante

eu dava um soco bem dado na cara desse filho da puta

1 curtida

Um desses o Covid não leva, que ódio!

bacharel em direito

esse país ta muito fudido

2 curtidas

por isso que pegou covid e quase morreu
mas eu não comento pq posso ser processada

1 curtida

terceira onda vem aí daqui uns meses

1 curtida

essa vagaba me denunciou

o que vc comentou kkkkkkkkkkk ?

“deveria ter dado um soco na cara desse vagabundo”
não me arrependo e não vou excluir o tweet
foda-se twitter

1 curtida