Primeiro Indígena eleito pra Academia Brasileira de Letras

A Academia Brasileira de Letras elegeu o primeiro indígena para ocupar uma cadeira do quadro dos membros efetivos da instituição literária. O filósofo Ailton Krenak recebeu 23 votos durante eleição realizada na tarde desta quinta-feira (5) na sede da ABL, no Centro do Rio. Ainda não há data prevista para a posse.

O escritor passa a ocupar a cadeira de número 5, que ficou vaga após a morte do acadêmico José Murilo, em agosto deste ano.

Ailton Krenak nasceu em 1953. O filósofo é considerado um ativista do movimento socioambiental e de defesa dos direitos indígenas. O agora acadêmico organizou a Aliança dos Povos da Floresta, que reúne comunidades ribeirinhas e indígenas na Amazônia. Ele é reconhecido como comendador da Ordem de Mérito Cultural da Presidência da República e doutor honoris causa pela Universidade Federal de Minas Gerais e pela Universidade Federal de Juiz de Fora.

piticoooooooooooo
o rei tenta ha anos
merece demais

gente que divo