Rafa Kalimann vai lançar marca de roupas: 'Sonho'

Com 15 milhões de seguidores e cerca de 350 mil inscritos em seu canal no YouTube, Rafa Kalimann se tornou uma das influenciadoras digitais mais prósperas da internet. Muito disso se deve ao segundo lugar no “BBB 20”. Basta olhar as redes sociais da mineira para se ter ideia do número de anúncios e publiposts que faz. Sobretudo, para o mercado feminino. Agora, a moça não fará propaganda somente para clientes. Rafa lança até o segundo semestre uma marca de roupas com seu próprio nome.

“Era um sonho antigo. Sempre tive vontade de ter uma marca minha e agora chegou a hora. Já desenvolvi o projeto, desenhei a primeira coleção e espero que até agosto já esteja tudo pronto”, adianta ela.

Por desenhar entenda-se enviar referências à sua equipe de estilistas. “Se depender de mim para desenhar qualquer coisa, não sai”, brinca ela, que até agora não tinha um produto licenciado: “Algumas marcas me procuraram para propor parceria usando meu nome, mas eu gosto de deixar tudo muito claro nestas negociações. Sou criteriosa para anunciar produtos, saber se gosto, se não gosto tento saber o por quê, gosto de entender como as empressas tratam o negócio, o que está por trás dele”.

Para isso, Rafa transformou o closet que mantém na chácara de Goiânia, onde está com toda a família em quarentena. “Meu closet virou um escritório. Faço reunião o dia todo e dali sairam as primeiras ideias para as roupas, que serão vendidas todas online”, conta, otimista quanto ao primeiro empreendimento comercial: “Ainda que a gente esteja passando o dia inteiro em casa e só precise estar arrumadinha na parte de cima quando vai fazer uma live ou videoconferência, é bom se sentir bonita mesmo não podendo sair”.

O nome brega

Marca com nome próprio

Tem tudo pra dar errado

Podia botar o nome da marca de “Aleluia” pra versão gospel e “Arrepiei” pra versão pagã

Moda crente