Ricco: Limitar o trabalho da imprensa não ajuda ganhar jogo no futebol

Não só pela coerência, mas especialmente bom senso, todos devem se juntar aos protestos dos jornalistas Bruno Vicari e Luiz Carlos Quartarollo contra a limitação do trabalho imposto aos profissionais da crônica esportiva.

Houve um tempo que todos os repórteres tinham acesso aos treinamentos e podiam exercer livremente as suas funções, sem que isto pudesse prejudicar a vida de quem quer que seja. A relação era de muito respeito, inclusive.

Mas aí vieram os treinos fechados, o que leva esse pessoal a ficar horas na porta dos CTs, até que sejam liberadas as entrevistas. Entrevistas é forma de dizer. No máximo, um ou dois falam, enquanto os demais são convenientemente escondidos. Fazer cobertura dos clubes, hoje, virou um verdadeiro sacrifício.

Pior ainda nos jogos. O acesso ao campo, à beira dele, é autorizado apenas para representantes dos veículos donos dos direitos. Quanto aos demais, resta o consolo da “coletiva pós-jogo” – um jogador e/ou treinador, que após vitórias ou derrotas, não esconde a má vontade de estar ali.

Enfim, a blindagem é total e estupidamente excessiva, levando uma boa maioria desses novos atletas já se achar e se colocar como intocáveis celebridades. Pior é que o tamanho da bola não indica para nada disso.

Vale dizer que Pelé, ao longo da sua vida no Santos, deu um bom número das suas entrevistas pelado, debaixo do chuveiro. E não deixou de ser o maior de todos por causa disso. Claro que também não precisa chegar a tanto, mas…

Coisa maluca

Nem é o caso de citar o nome, porque se trata de alguém ainda em início de carreira e muito a aprender, mas um desses jovens, na volta do recente fracasso da seleção olímpica, disse que não aguentava mais tanto assédio.

Queria um pouco de privacidade. Rir ou chorar?

Muricy Ramalho criticava a falta de atenção

REPRODUÇÃO

O outro lado

Independentemente de tudo, tem uma moçada aí que também precisa se preparar melhor para as funções.

Muricy Ramalho sempre conta que, ainda como técnico, quando existia um pouco mais de flexibilidade, havia quem ficasse tomando café e comendo bolachinha, em vez de prestar atenção no treino. Depois ia perguntar quem ia jogar. Nas próprias coletivas, tem quem repita pergunta ou não preste atenção nas respostas.

Cautela

O SBT, aos poucos, está soltando chamadas dos seus novos programas.

Em todas, no entanto, observa-se o cuidado de anunciar para março, mas sem cravar o dia.

A propósito

Para amanhã, quinta-feira, está marcado um pré-light no novo cenário do “SBT Brasil”.

O apresentador Cesar Filho também foi convocado. A ideia, também, é testar a funcionalidade de tudo.

Camila Morgado e Vladimir Brichta em “Renascer”

MANUELLA MELLO

Primeiras cenas

A Globo mostra hoje as primeiras cenas do casal Egídio (Vladimir Brichta) e Dona Patroa (Camila Morgado) na novela “Renascer”.

Egídio, filho do coronel Firmino (Enrique Diaz), vai reacender a rivalidade com José Leôncio (Marcos Palmeira).

Inteligência artificial

Na semana passada, a Jovem Pan dispensou os serviços da responsável pelo seu site, Alessandra Kianek, porque o trabalho todo agora é feito por um robô.

Trabalho desenvolvido pelo Samy Dana, comentarista, professor e economista. E também isso agora.

Convenção

Hoje começa a convenção anual da Band em Campinas, mas as maiores atenções já estarão voltadas para amanhã, às 9h, quando seu presidente, Johnny Saad, vai apresentar os novos diretores, Claudio Giordani – CEO e Walter Zagari – departamento comercial.

Por último, Rodolfo Schneider, do Jornalismo e Artístico, irá anunciar as novidades da programação para este ano.

Nova série

No próximo sábado, às 20h50, estreia na TV Cultura a série semanal “Quanto Mais Cedo, Maior”, com apresentação do médico e escritor Drauzio Varella.

Produção em dez episódios, aborda temas fundamentais aos primeiros seis anos de uma criança, período chamado de primeira infância.

Um ponto…

Tem uma disputa boa no SBT pela protagonista da próxima novela, Anaju Dorigon versus Carla Diaz.

As duas foram muito bem nos testes.

… E outro

Ainda sobre essa próxima novela do SBT e apesar do barulho feito em cima, são praticamente zero as chances de Regina Duarte aparecer no elenco.

Entre outras coisas, segundo se informa, também pela questão do dinheiro.

Carlo Porto e Nathalia Florentino estão muito bem nas primeiras cenas de “A Rainha da Pérsia”

DIVULGAÇÃO/SERIELLA PRODUCTIONS

Química

O entrosamento entre Carlo Porto e Nathalia Florentino tem sido muito elogiado nessas primeiras gravações de “A Rainha da Pérsia” no Marrocos.

Entrosamento também chamado de “química”. Carlo faz o rei Xerxes, enquanto Nathalia, a protagonista Ester.

Captação

Outro detalhe bastante comemorado pela equipe nesses primeiros dias de gravações de “A Rainha da Pérsia” está relacionado à captação: “imagens lindas”.

“Rainha” é uma das principais apostas da Record para a temporada.

Bate – Rebate

• O documentário “Missão Israel – Por Trás das Câmeras”, trabalho de Roberto Cabrini, já está disponível no PlayPlus…

• … A edição mostra os bastidores da cobertura da guerra entre Israel e os terroristas do Hamas.

• Cacau Protásio está na sétima temporada da série “O Dono do Lar”, que estreia em abril no Multishow, como Fran, prima de Américo (Maurício Manfrini)…

• … A família, em vez do Bixiga, em São Paulo, vai agora morar na Gamboa, no Rio de Janeiro. A Cacau é a dona da casa.

• A Band, por meio de canais da internet e no BandSports, inicia hoje a cobertura da pré-temporada 2024 da Fórmula 1…

• … No dia 2 de março tem a primeira corrida da temporada, com o GP do Bahrein.

• Terminaram as gravações da série “Máscaras de Oxigênio Não Cairão Automaticamente”, com Bruna Linzmeyer, Ícaro Silva, Johnny Massaro e Aline Menezes no elenco e ainda sem data de estreia.

• Johnny Massaro, por sua vez, está anunciando também o lançamento de “Aumenta que é Rock’n’Roll”, para 11 de abril…

• … O filme narra o surgimento da Rádio Fluminense FM, a “Maldita”, criada pelo jornalista Luiz Antonio Mello (Massaro) na década de 1980…

• … A rádio foi pioneira em oferecer aos ouvintes uma programação totalmente dedicada ao rock’n’roll.

• Depois de “Bom Dia, Verônica – A Caçada Final”, Reynaldo Gianecchini fará o musical “Priscilla – A Rainha do Deserto”…

• … O espetáculo tem estreia marcada para o dia 7 de junho no Teatro Bradesco, em São Paulo.