Roberta Medina responde criticas sobre telão pequeno, filas e mais problemas no The Town

Adorei ela falando

A história do telão é balela.
Essas coisas são facilmente adaptáveis no switcher.

Outra coisa que poderiam ter feito pra melhoria da transmissão e visibilidade do público é ter feito uma frente somente para os efeitos e ventiladores, ou um palco já pré adaptado pra esses efeitos. ao invés disso fizeram um cercadinho pra um bando de desocupados da vida que ganharam ingresso de graça, aka influencers.

10 curtidas

ela debochando do público ‘animado’ de domingo só por ser na maioria gays

Burros demais
Dois palcos enormes um na frente do outro

Quase morri esmagado ontem

ela indo na beirada com o “povo animado”

O que era uma caixa tapando a visão do público que andei vendo nos vídeos?
Parecia a área da mesa de som.
Deu pra ver nada do show da ludmilla

8x8 = 64m²
10x6 = 60m²

o telão é menor e ela confirmou jurando

Povo animado kkkkkk

Pelo menos se mostrou disposta e aberta a ouvir as críticas e melhorar para o próximo. Agora forçarem o Lolla como uma experiência e incrível como eu vejo fazendo por ai é demais kkkkkkk

1 curtida

Num é kkkkkk

anos fazendo festival pra fazer umas cagadas dessas
medinas máfia de engana trouxas

nossa, amigo… foi na hora do bruno mars? eu vi a galera correndo kkkk… eu fui embora depois do jão e não passei perrengue nenhum. todos do the one consegui ver de perto bem tranquilo. só o da iza e da kim petras que eu vi mais de longe, perto do lounge da heineken. her e bruno dropei.

Eu me pergunto se esse monte de atrações terciárias servem de algo. Minha impressão é que quase ninguém se importa com coisas fora do palco principal e do palco secundário. Alguém deixaria de ir no festival se não tivesse um gigantesco palco pra música eletrônica ou coisa do tipo?

Eu honestamente acho que dois palcos bem estruturados e um espaço com restaurantes e algumas ativações já seriam suficientes. O público vai pra curtir os shows principais e querem um espaço agradável para curtir esses shows e poder comer e descansar em alguns intervalos.

Também me pergunto como eles não conseguem fazer um palco principal realmente interessante, se até Goiânia consegue com o Villa Mix.

2 curtidas

Nossa eu sofri demais
Já fui em 4 rock in rio é nunca sofri tanto quanto no The town

Tudo longe, cheio, fila pra tudo…
Nem nem nem
Só volto se tiver Madonna ou Beyoncé em 2025

Tu nunca foi num festival né?

Esses palcos funcionam muito, nem todo mundo que frequenta festival é somente pelos headliners

amigo você presenciou o arrastão entre as ativações do tiktok e do bar? eu tava bem ali pra ver o bruno e tiver que sair correndo

o que estraga o festival são os mendigos que vão pra passar o dia/noite deitados e sentados no meio do caminho, pra chegar no skyline tinha que passar mais um montante de vagabundos jogados no chão, até poltrona inflável tinha, a vontade era dar bicuda em todo mundo e mandar a merda

1 curtida

Mas eu furava essa merda era na hora

os palcos do tamanho de uma muralha de altura, a passarela da ludmilla ficou da altura do cristo redentor, se ao invés daquela cenografia capenga brega tivessem colocado telões imersivos, melhoraria 300% a experiência que é pífia tal qual o RIR