Rolling Stone: a infância com Lula foi uma fase incrível para música pop - e playlist do Spotify prova isso; confira

A infância com Lula foi uma fase incrível para música pop - e playlist do Spotify prova isso; confira

Os anos 2000 foram momentos incríveis para a música pop. Videoclipes com coreografias elaboradas e hits com letras chicletes eram sensação na época e, até hoje, fazem sucesso. São canções com gostinho de nostalgia. Para matar a saudade, nada como reunir os maiores artistas daquela década em uma playlist.

A ideia de Maria Elisa Gomes se tornou um verdadeiro sucesso na internet e “Infância no governo Lula” possui mais de sete mil seguidores no Spotify. A seleção de músicas conta com Rihanna, Beyoncé, Shakira, Justin Timberlake entre outros.

Afinal, foi uma década de ouro para esses artistas. Com a popularização da internet, o número de downloads de canções em formato MP3 aumentou, e não era mais preciso esperar um clipe passar na televisão, pois o YouTube também nascia. Tudo isso permitiu um alcance ainda maior das músicas.

Britney Spears, a princesa do pop, foi uma das cantoras a vender mais discos nos anos 2000, com lucro de mais de US$ 54 milhões. Alguns dos maiores sucessos da época foram “Oops!..I Did It Again,” “Toxic” e "Gimme More."

Ainda no Destiny’s Child, Beyoncé dava os primeiros passos para a carreira solo. Em 2003, lançou o disco de estreia, Dangerously in Love, com a faixa inesquecível “Crazy in Love.” Além disso, também foi uma das vozes a atingir o topo das paradas mais vezes naquela época, de acordo com ranking da Billboard. Na lista, também aparecem nomes como Jay-Z, Madonna, Eminem e Alicia Keys.

Christina Aguilera não fica de fora. Conhecida como a “voz da geração” dos anos 2000, por conta do timbre marcante, recebeu 11 indicações ao Grammy só naquela década (ganhou cinco vezes). Impossível não lembrar de hits como “Lady Marmalade” e “Candyman.”

Em 2002, Avril Lavigne se tornou a queridinha do público jovem ao lançar Let Go, primeiro disco da carreira, com músicas como “Complicated.” Posteriormente, também apresentou"Girlfriend," sucesso até hoje, principalmente em aplicativos como TikTok.

No fim da década, quem também dominou as paradas foi Lady Gaga. Em 2008, lançou The Fame, disco com “Just Dance,” “Paparazzi” e "Poker Face," responsável por apresentar ao mundo o estilo único da cantora.

E, claro, a música brasileira também teve um papel importante. Rouge,Bonde do Tigrão e Felipe Dylon embalavam as festas no início dos anos 2000. Confira a playlist completa:

A união perfeita entre os @LittleMonsters e os @Esquerdistas

5 curtidas

Se já foi postado me desculpem, procurei pelo fórum e não achei.

Up por penah

Infancia com bolsonaro = Taylor swift, Anitta e Dua Lipa

1 curtida

old que foi a melhor época da humanidade

1 curtida

Taylor Swift vem desde a era Lula, não é culpa dela que o sucesso seja tão duradouro. Bolsonaro vai passar e ela ainda vai estar no topo, como está há 13 anos.

Sdds

Eu lembro que eu ouvia o blackout num sonyericson kkkkkk

Infância com Collor: Mariah Carey

o pop morreu depois que o Lula deixou a presidência. coincidência?

Eita kkkkkk

KKKKKKKKKKKKK ai

Com a Dilma:

LMFAO
Pitbull
Jennifer Lopez hitando
Maroon 5 farofando
Taio Cruz
Avril Lavigne se afundando
Far East MOvement

Ai, eu amoooo!

Tinha uma matéria (quase igual) no primeiro ano de mandato do trump. falavam que o pop caiu e diminuiu as mulheres nos charts
Artigo legal, mas não lembro de onde, citava como o país tava em uma onda de conservadorismo e como impacta também nos charts.

amoooooo
lenda viva que só trouxe coisas boas enquanto governava

tinha lindsay lohan, hil duff, paris hilton, sugababes, shakira, jlo, BEP, pussycat dolls
comenta @anon5529579 @minogudo

1 curtida

old q o lula salvou o pop também

se for o Lula Molusco, concordo