SÓ O COMEÇO: Pâmela Tomé revela calvário de Lavínia após traição em Reis: 'Muito chocante'

O choque de Lavínia (Pâmela Tomé) ao descobrir que Malquias (Daniel Blanco) é filisteu não será o único momento dramático da personagem em Reis. Em entrevista ao Notícias da TV, a atriz avisou que a trama é só uma das revelações entre tantas que a israelita irá encarar na novela bíblica.

“O que eu posso te dizer é que vai ser que vai ser muito chocante [a trama com Malquias], ela vai ficar chocada com tudo e vai sofrer muito”, conta. A atriz também adianta que essa semana será recheada de reviravoltas.

“Eu já terminei de gravar, mas tem pouquíssimo tempo. Tem várias coisas que eu ainda não posso falar. Então, é a partir dessa semana [que começa o drama]. É quando gente começa a conhecer quem é a Lavínia”, diz.

No capítulo de terça (5) do folhetim de Raphaela Castro, a mulher finalmente soube a verdade sobre a identidade do marido. Na verdade, Malquias se chama Luciér e é um príncipe filisteu que se infiltrou na comunidade rival a mando do pai, o rei Guedór (Anselmo Vasconcellos).

Para não levantar desconfianças, o personagem de Daniel Blanco fingiu ser hebreu durante anos e constituiu uma família com Lavínia de acordo com os costumes do povo. A dupla também teve o primogênito Belá (Lorenzo Mello).

Lavínia, no entanto, nunca soube da farsa do marido e sempre foi apaixonada por ele. As primeiras cenas da personagem, inclusive, não condiziam com a própria descrição da atriz sobre o papel. Ela relatou em entrevistas que a hebreia foi seu papel mais dramático na carreira, entretanto, a jovem ainda esbanjava só felicidade na tela da Record.

Pâmela Tomé como Liba em Gênesis

Pâmela Tomé como Liba em Gênesis

Repeteco de ‘dedo podre’

Se Lavínia atualmente sofre por conta de Malquias em Reis, Liba, papel da atriz em Gênesis (2020), também penou com seu par romântico. As duas foram as primeiras personagens bíblicas da carreira dela.

Na terceira fase do folhetim, que contou a história da Torre de Babel, a intérprete viveu uma moça interessada em Ninrode (Pablo Morais). Mas ela tinha uma rival na disputa: Semíramis (Francisca Queiroz), a mãe do guerreiro.

A sogra fez várias artimanhas contra Liba para impedir que o casal ficasse junto. Por fim, Semíramis embebedou o filho, engravidou dele e o matou após ser rejeitada.

Apesar das situações dramáticas de seus papéis na Record, Pâmela Tomé até prefere que seus trabalhos tenham tramas complexas. Tudo para que sua atuação chame a atenção do público:

Quando você tem nas mãos uma possibilidade de contar uma história forte e de tocar as pessoas, isso é muito rico e lindo. Eu sou muito grata pela Lavínia, eu acho que ela apareceu exatamente no momento que era pra aparecer. […] Eu não sei se se esse é o meu destino de contar histórias tristes, mas se for, eu contarei.

Escrita por Raphaela Castro, Reis estreou na Record com a primeira temporada, A Decepção. A segunda fase, A Rejeição, ainda não tem previsão de quando entra no ar, e o título da terceira eta

Quem liga bixo?