Take That - This Life

Sim.

O progress mistura as duas partes e é de longe o melhor trabalho. Mesmo no ep.

Mark e Howard nunca tiveram voz.

Eu amo a voz do Mark, pitico demais.
Howard canta porra nenhuma, tanto que o Gary soca backings pra sustentar as marmotas.

1 curtida

Saiu. @Britpop!

Meio que flopou muito né?

Em que sentido? Aqui eu já esperava que ninguém fosse falar sobre.

Eu adorei esse álbum. Achei tão gostosinho e megrah adulto pra uma botando. Impressionante o quanto o Gary é artista. O próprio Robbie assume no doc da Netflix o quanto errou com ele.

Esse álbum tem uma influência folk muito clara e eu adorei principalmente as harmonias. O álbum e muito coeso e por ser muito coeso tem o ponto que talvez critiquem: tudo e muito linear. Não tem um singles claro assim. Diria no máximo Windows mesmo

Artista com alguns asteriscos. Ele quando erra…

1 curtida

Ele teve a cota de erros dele com o X Factor kkk

Esse álbum seria perfeito se o Robbie tivesse se juntado ao grupo. Mas, sim, é o melhor álbum deles desde o Progress. Deu uma limpada na merda que foi o Wonderland.

1 curtida

Robbie agora já entrou na pré aposentadoria já mesmo. Mas acho que chegou na hora mesmo. Robbie felizmente ou infelizmente se tornou maior que o Take That. Mas acho que o Take That leva o maior mérito de todos que e uma boy Band que soube envelhecer. Esse álbum mesmo só não faz mais barulho por conta da idade deles mesmo.

1 curtida

O Robbie tá meio desaplaudido, né? O Take That conseguiu manter uma linha enquanto artistas mais sólida.

Esperando o álbum solo desse senhor.

Pelo documentário a sensação que deu e que ele tá meio de saco cheio mesmo e quer curtir a família. Eu acho um crime o quanto tem gente que subestima ele só pelo fato dele no ter estourado nos EUA. A influência e a importância dele pro pop era tipo de um Justin Timberlake. Ele de nome masculino durante muito tempo foi o que mais chegou perto da importância do MJ pra mim junto com o Justin Timberlake.

Eu acho o Robbie o maior nome vindo de uma boyband. Ele nunca foi o centro no Take That e acabou sendo maior que o grupo em nível global. O único lugar que faltou foi os EUA. É sempre importante lembrar o quanto o mercado mundial é mais fechado pra quem não é americano.

1 curtida

Muito. De underdog do Take That a maior nome do grupo. Acho ele legal quando os próprios artistas vêem a importância dele. A própria Britney já disse que queria um feat com ele. Volto a falar, ele e o Justin Timberlake foram os que chegaram mais perto de se aproximar da importância que o MJ teve para o pop.

Eles lançaram uma versão deluxe.