Tati Minerato se envolve em briga e é acusada de agredir motorista

Nesta quarta-feira (22), Tati Minerato se envolveu em uma confusão em um mini shopping em Arujá, no interior de São Paulo, e acabou discutindo com a mulher no estacionamento. A motorista, que pediu para ter sua identidade preservada, assume ter fechado o veículo de Tati, sem possibilitar que ela retirasse seu carro, e diz ter sido agredida fisicamente pela modelo.

Ela relata ainda que a mãe da Tati, dona Sylvia Minerato, a xingou, mesmo tendo se desculpado por ter atrapalhado a saída das duas do estacionamento. “Hoje, fechei a passagem do carro de Tatiane Minerato rapidamente. Imediatamente me desculpei várias vezes e, sem sucesso nas minhas desculpas, ela saiu do carro e após vários, muitos xingamentos – os mais horríveis, me agrediu fisicamente. Deu socos, arranhões e chutou meu veículo”, conta a motorista.

Ela também relatou os ataques que sofreu da mãe de Tati, dona Sylvia Minerato. “Logo após veio a mãe dela, uma senhora que inimaginavelmente gritou palavras horrorosas. Vagab…. foi a mais amena”, revelou a mulher, que é uma senhora de idade.

Imagens gravadas pela motorista, ainda de dentro de seu carro, mostram Tati Minerato tentando tirar o celular da mão dela a força e jogando o aparelho. Neste momento, ela, que filmava a reação da influenciadora, alega que Tati acabou arranhando sua mão. Em outro vídeo, a mãe da modelo está aos berros xingando de longe.

A vítima das agressões diz que já registrou um boletim de ocorrência contra a campeã do ‘Power Couple Brasil 2018’ e ainda desabafou: “Inadmissível para qualquer ser humano este tipo de selvageria, porque além de ter me pego desprevenida, eu, como continuei no carro, fiquei sem muita chance de reação.

Procurada pela coluna para comentar o assunto, Tati Minerato colocou a mãe, Sylvia, para dar sua versão dos fatos. Ela diz que, na verdade, a motorista estacionou o carro fora da vaga e ficou cerca de 40 minutos impossibilitando que Tati retirasse seu carro do estacionamento para ir embora.

“Nós fomos almoçar, após eu realizar um procedimento médico. Quando saímos, vimos que tinha um carro fechando completamente a passagem. Não dava para tirar nem o carro da minha filha e nem o carro do lado. E tinham várias vagas nesse estacionamento, a pessoa não estacionou porque ela não quis. Não estava cheio. Ficamos olhando, não apareceu ninguém para retirar o carro e fui em todas as lojas perguntar de quem era o carro, um Porshe, que estava totalmente atravessado. A pessoa largou de qualquer jeito e saiu fora, sem ter noção de cidadania com o próximo”, contou dona Sylvia Minerato.

Ainda segundo a matriarca, após a motorista retornar para seu veículo, ela e a filha cobraram satisfação: “Passou 40 minutos, essa mulher entrou no carro dela e não falou nada. Perguntamos: “E aí, moça, você deixa o carro aqui, o que é isso? Faz um tempão que estamos esperando’. E eu tava passando mal, porque eu tinha feito um procedimento médico. Fiquei muito nervosa na hora”, disse.

Sobre os gritos, dona Sylvia assume que xingou mesmo a moça, mas afirma que apenas retribuiu as ofensas. “Essa mulher me xingou e aí começaram os xingamentos entre ela e eu”, afirmou ela, que ainda disse que a motorista chegou a cogitar agredir sua filha por algumas vezes.

“Ela ameaçou sair várias vezes do carro para agredir a minha filha, falando que iria dar na cara dela. Realmente xinguei ela, mas foi porque ela fez isso primeiro. Ela não pediu desculpa nem nada, é uma tremenda folgada”, desabafou Sylvia. Ainda de acordo com ela, o carro da motorista estaria cheio de multas: “Fomos puxar a placa do carro dela e está cheio de multas. Um carro caro, mas cheio de multas, mais de 50 multas. Então não deve ser a primeira vez que ela faz uma coisa dessa”, concluiu.

Assista ao vídeo da confusão no estacionamento: