Tico Santa Cruz diz ter 'sexualidade fluida' e é alvo de preconceito

O cantor Tico Santa Cruz, vocalista de banda de rock Detonautas, revelou ter sexualidade “fluida e livre”, e se tornou alvo de comentários preconceituosos nas redes sociais.

No Instagram e no Twitter, o artista postou uma foto e disse que sua sexualidade é “fluida e livre”, e afirmou que “o amor não tem preconceitos, o fascismo sim”.

Após a postagem, alguns internautas distorceram a fala de Tico Santa Cruz, afirmando que ele teria dito ser “gênero fluido”, que é quando a pessoa não se identifica com um gênero em específico, em uma suposta entrevista ao apresentador Danilo Gentili.

No entanto, a entrevista em questão não existe, e o próprio cantor fez questão de classificar a informação como “fake news” ao rebater o tuíte de um hater.

“A comunidade LGBT quer saber se o Tico declarou ser travesti ao Danilo Gentili por oportunismo apenas ou ele é homossexual. A questão não envolve o Bolsonaro… ser gay não é defeito, mas usar isso para se promover sim”, escreveu um internauta ao disseminar a informação falsa, e foi rebatido pelo próprio famoso.

“Tira a foto do Lula do seu perfil cara! Você tá divulgando fake news e ainda usando a foto de um personagem político importante! Coloca tua fuça aí e mente a vontade”, afirmou Tico Santa Cruz.

Apoio

Tico Santa Cruz também recebeu elogios e apoio dos fãs, que parabenizaram o artista pela coragem de revelar sua sexualidade fluida de forma pública.

jfp