Último paciente com Covid em hospital de referência para doença no RJ recebe alta e hospital fica com nenhum internado pela doença

Único paciente com Covid de hospital referência para doença no Rio recebe alta e deixa unidade

O último paciente internado com Covid no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, na Zona Norte do Rio, recebeu alta média nesta segunda-feira (15). O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), e o secretário de Saúde, Daniel Soranz, acompanharam a liberação médica.

Adelino Gomes Silva Filho, de 70 anos, é morador da Ilha do Governador e tem 29 filhos. Ele estava internado desde o dia 20 de agosto.

“Quase cheguei morto, consegui sobreviver, e estou indo embora. Daqui a pouco eu estou em casa (…) Agora vou encontrar meus filhos e seguir meu caminho”, disse.

“Todos estiveram do meu lado, senão eu tinha morrido (…) O momento mais difícil foi o início. No início eu estava pirado. Os médicos tiveram muita paciência comigo. Agradeço de todo coração a eles, que dê tudo certo para eles. Eles foram muito legais comigo. Eu já era para ter partido para outro caminho, mas papai do céu não deixou , nem eles”, disse o paciente com uma lista dos profissionais de saúde que o atenderam.

Ele aproveitou para deixar um recado para a população: "Se vacina. Tem que se vacinar, porque se não tomar a dose tu vai partir pro outro lado, maluco”.

A unidade foi designada, no começo da pandemia, para ser a referência no município no tratamento da doença. Desde o começo da crise sanitária, é a primeira vez que o número de internados no local foi zerado.

Hospital vai receber pacientes com sequelas

De acordo com o painel sobre Covid da Prefeitura do Rio, a cidade contava com 37 pessoas internadas por causa da doença no começo da tarde desta segunda (15).

No fim de setembro, o secretário Daniel Soranz afirmou que o Hospital Ronaldo Gazolla voltaria a receber pacientes com sequelas da Covid e vítimas de outras doenças.

“O hospital começa agora um novo ciclo, vai passar a atender pacientes com sequelas da covid. A rede de saúde tem 140 pacientes com sequelas da doença. O hospital vai abrir o ambulatório, começa a ofertar procedimentos eletivos para que a gente consiga normalizar o atendimento”, afirmou Soranz.

O Hospital Ronaldo Gazolla tem 4 mil funcionários e todos trabalharam no combate à Covid. A unidade tem 420 leitos, sendo 280 de UTI. Apenas em 2021, o hospital recebeu 9,5 mil pacientes com Covid.

Vacinação

Nesta segunda-feira, Feriado da Proclamação da República, não haverá vacinação contra a Covid-19 no Rio. Quem estava com a segunda dose agendada pôde se vacinar no sábado (13) e também pode se vacinar nesta terça-feira (16).

A vacinação retorna na terça-feira, quando, em primeira dose, serão vacinadas as pessoas com 12 anos ou mais, que ainda não tenham se vacinado. Isso vale até pelo menos o fim de novembro.

4 curtidas

@Coroners

2 curtidas

1 curtida

Vencemos

Simbólico

1 curtida

Se fode corona, se fode negacionistas

a setima onda vindo
vcs que nao percebem

que?

1 curtida

que delicia de noticia irmas

vc sabe que perdeu, Átila Iamarino