VELOCIDADE MÁXIMA: Avião passa de 1200 km/h em voo e chega 1h adiantado

Avião A321 passa de 1200 km/h em voo e chega 1h adiantado após partir atrasado

Uma situação bastante interessante chamou a atenção nesta semana, quando um Airbus A321 ultrapassou os 1200 km/h de velocidade em relação ao solo em seu deslocamento, levando um voo que partiu atrasado a chegar bastante adiantado ao destino.

Logicamente, a situação não é inédita, já que não é tão incomum pilotos, ao voarem com mais velocidade, conseguirem recuperar algum tempo de atraso da programação, porém, sempre costuma ganhar destaque quando envolve velocidades relativamente altas como essa.

O fato se deu na segunda-feira, dia 27 de dezembro, com o Airbus A321 registrado sob a matrícula N947JB, operado pela companhia aérea norte-americana JetBlue.

A aeronave partiu às 14h15 (horário local) de Los Angeles, na costa oeste, para Boston, na costa leste, no voo B6-1388, cujo horário padrão da saída é às 13h45. Portanto, a decolagem ocorreu com meia hora de atraso.

Porém, dado o extenso tempo dessa longa travessia completa dos Estados Unidos, associado aos fortes ventos de cauda durante todo o trajeto naquele dia, os pilotos tiveram um ganho significativo de eficiência.

Com velocidades em relação ao solo ultrapassando os 660 nós (ou mais de 1200 km/h), o A321 voou como se fosse um jato supersônico, já que a velocidade do som na altitude de 33 mil pés fica em torno dos 1060 km/h.

Vale ressaltar, no entanto, que o avião não ultrapassou a barreira do som (e nem poderia, já que isso significaria esforços aerodinâmicos que provavelmente quebrariam diversas de suas estruturas). Note que se trata de velocidade “em relação ao solo”, enquanto a velocidade de quebra da barreira do som é medida em relação ao ar, pois é ele que cria as forças aerodinâmicas na aeronave.

Como havia um forte vento de cauda, o avião seguia com sua velocidade padrão em relação ao ar, de pouco mais de 800 km/h para este modelo, enquanto a somatória dessa velocidade com o “empurrão” do vento de cauda é que o fazia estar a mais de 1200 km/h em relação ao chão. Assim sendo, conclui-se que o vento soprava com algo próximo de 400 km/h naquele dia naquela altitude.

Também vale destacar que, como a curiosa alta velocidade se deve à ação do forte vento, é possível que outros aviões tenham experimentado velocidades semelhantes a esta naquela região no mesmo dia.

Com isso, a chegada deste voo para Boston, que por padrão é programada para 22h13 do horário local, ocorreu às 21h17, quase 1 hora adiantada mesmo após ter partido com meia hora de atraso. Bom para os passageiros e para os tripulantes ao ganharem um tempo, e bom para a companhia aérea ao economizar combustível.

O problema é que no sentido inverso tudo acontece ao contrário. Enquanto este voo acima descrito levou cerca de 4 horas, no sentido inverso, com vento contrário nos voos da costa leste para a costa oeste, o tempo de viagem estava em torno de 6 horas e 40 minutos naquele dia.

Fonte: Aeroin.net

shut up and drive

Eu já peguei um voo doméstico e o avião estava quase alcançando a marca de 1000 km/h também. Foi bizarro imaginar que aquilo estava numa velocidade tão alta

já tá na hora de criar aviões rápidos

3 curtidas

Sou mais meus portais

4 curtidas

acelero, no tengo freno

3 curtidas

Fast in my airbus - Paramore

a aviação é linda demais

I’m so fancy
You already know
I’m in the fast lane
From LA to Boston

2 curtidas

Amarias

Se chega a cair nessa velocidade não sobra nem um pedaço pra contar história

É incrível mesmo. Avião uma das melhores coisas já criadas no mundo

Te acalma @Ami que eu errei o gif


1 curtida

Tá assistindo muita ficção

estou calme

E por que meteu o :wtf:?

1 curtida

e precisa estar nervose pra dar wtf? a sra estava nervosa?

pegou o jet stream

Eu estou nervosa sim, quero descer a paulada na @dirrty