VIVA A RIVALIDADE FEMININA: Better than Revenge se torna a música mais streamada atualmente do Speak Now

VIVA A RIVALIDADE FEMININAAAAAAA

VIVA A MISOGINIAAAAAAAAAAAAAAA

Mamacita Swift serviu muita tortura psicológica na carreira dessa coitada aqui

AMOOOOOOO

@swifties

4 curtidas

Só reclama de rivalidade feminina quem a fave não tem condições de vencer

1 curtida

1 curtida

Isso respeita a mamacita

pena que provavelmente vai mudar os toques misóginos da música na regravação já que agora ela criou uma imagem de feminista (que só é de fato praticante quando convém a ela)

1 curtida

Meu Deus…

Que foi, Harry? Não curte uma rivalidade feminina?

HINOOOOOO

Mamacita manda, você senta no cantinho

1 curtida

Esse papo de feminismo brasileiro é muito xoxo lá fora, nem a Taylor nem alguma outra mulher lá fora é feminista se não em benefício próprio e das suas, essa noção só é a vertente predominante aqui.

Ela e todas divas pop apóiam tudo que as convém e o que não é lucrativo fica de fora.

4 curtidas

essa musica é tão clássica kkkk se ela mudar o scooter vai continuar recebendo meus streams

4 curtidas

Todas tem coroa

“Ela só e conhecida pela coisas que faz no colchão” amo

camilla belle bruaca!

justice for back to december

A mulher ganha milhões com gays comprando o material dela aos montes só para ela surrar outra mulher em matéria de charts e ela é obrigada a perder lucratividade para participar de um discurso que ninguém mais faz parte.

Por Deus, esse tipo de feminismo só existe no Brasil.

espero que ela drope essa merda logo e cisme com outro assunto n aguento mais ficar com medo dela botar ladainha de mulher na indústria quando vai receber prêmio

E a Camilla Belle era uma rampeira mesmo, mereceu e merecia mais, quem rouba homem dos outros merece levar uma coça da vida até pedir arrego.

Essa daí sofreu foi pouco.

4 curtidas

essa musica foi pra alguma famosa?

kkkkkkk
o povo realmente acha que artista milionário é um grande militante de esquerda, passo mal com as montagens da mariah e da britney como karl max

Mas beneficia ela, eu realmente não vejo problema nenhum em ela reinvindicar seu lugar como mulher na indústria, eu que não espero que ela expanda isso para além dela e das mulheres que ela gosta e apoia porque todo mundo lá fora é assim, não é exclusividade dela, até porque o feminismo no US não tem vertente marxista como aqui…