Xuxa assinou com a Amazon Prime para se vingar da Globo que rejeitou projeto de reality com drags da apresentadora

Xuxa Meneghel voltará ao comando de realities com o Caravana das Drags, nova atração do Prime Video. O projeto também marcará uma espécie de vingança da rainha dos baixinhos, que tentou desenvolver uma competição com drags na Globo, mas teve sua ideia rejeitada.

De acordo com fontes do Notícias da TV, o desejo de Xuxa de apresentar ao público brasileiro uma produção com integrantes da comunidade surgiu após a apresentadora maratonar algumas temporadas de RuPaul’s Drag Race, reality norte-americano de sucesso mundial.

Na disputa comandada por RuPaul, considerada a drag queen de maior sucesso comercial nos Estados Unidos, competidoras participam de provas semanais com testes de dança, canto, talento, personalidade e humor. A vencedora recebe o título de Próxima Superestrela Drag Americana.

Com o intuito de acariciar seus fãs da comunidade LGBQIA+, Xuxa quis implementar um projeto voltado a este público e apresentou a ideia para o alto escalão da emissora. No entanto, os diretores rejeitaram a proposta com os argumentos de que ela só seria válida em outra plataforma e em outro momento, pois não tinha nenhuma relação com a televisão.

Também pesou o fato de que Xuxa seria dispensada pela Globo nos meses seguintes, após quase 30 anos de trabalho na emissora, conforme revelado pelo Notícias da TV em dezembro de 2014.

No início deste mês, quando Xuxa anunciou a realização do Caravana das Drags, ela deixou uma sutil alfinetada aos antigos chefes. “Pra muitos que torceram o nariz, taí, aviso que vou me divertir muito”, disse ela no Instagram.

Agora, no Prime Video, a atração será exibida em mais de 240 países e territórios ao redor do mundo. “Beijos a toda comunidade LGBTQIA+ e para quem os respeitam. E beijinho, beijinho, tchau, tchau aos preconceituosos”, reforçou Xuxa ao comemorar o projeto.

A reportagem entrou em contato com a Globo para falar sobre a rejeição do projeto, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

Dinâmica do reality
Xuxa dividirá o comando do Caravana das Drags com Ikaro Kadoshi, um dos nomes mais respeitados pela comunidade no Brasil. O programa contará com um grupo de drags que viajará pelo país e enfrentará desafios inspirados nas tradições culturais de cada local.

Xuxa e Ikaro julgarão o desempenho das participantes ao lado de convidados especiais. A cada episódio, uma drag será eliminada. As finalistas concorrerão ao título de Drag Suprema.

Em comunicado à imprensa, Malu Miranda, chefe de conteúdo original brasileiro do Amazon Studios, destacou que a plataforma está animada com o projeto. “Mais do que uma competição entre artistas talentosas, acreditamos que Caravana das Drags mostrará a diversidade e pluralidade do nosso país, proporcionando aos nossos clientes uma experiência única de cultura drag cheia de alegria e brilho”, pontou a executiva.

O programa ainda não tem previsão de estreia no Prime Video.

4 curtidas

Foi a Globo que rejeitou então? Vixi

nossa, esse projeto é dos tempos q ela foi demitida da Globo ainda kkkk pq ela não apresentou a outras plataformas em vez de ir pra Record? talvez a Netflix tivesse comprado kkkk

Achei isso bem legal

1 curtida

A ideia lembra We’re Here da HBO e veio antes, a definição de a frente do seu tempo kkkk

Pior que 1 ano dps, em 2015, a Multishow comprou os direitos de exibição de Drag Race

1 curtida

Nossa, que burrice da Globo kkkkkkkkkkkk

Ainda bem que não é a Xuxa quem perde nisso e ela não pensou duas vezes ao ir para o streaming porque se esperasse da emissora ela nunca que iria emplacar isso na TV Aberta ou no Multishow

Acho que ela não tava pensando em migrar pra streaming em 2015 ainda

1 curtida

Deve ser por isso também que ela foi cotada pra apresentar a versão BR de Drag Race.

Cadê o T

A última vez que ela tentou se vingar da Globo saiu o cosplay da Ellen

ela foi bem burra e sem paciência, saiu logo abocanhando a oferta da Record como se n fosse conseguir mais nada. 2015 foi praticamente o ano da transição dos streams, se ela tivesse tirado um tempo em off pra descansar e oferecesse o projeto a outras plataformas novamente por meados de 2016/ 2017 talvez n tivesse nunca q pisar naquele chiqueiro de emissora kkk

1 curtida

Mas a Globo tava super mijando nela ultimamente, será que rompeu de novo de vez?

Nessa época ngm pensava

1 curtida

O medo kkk

1 curtida

Xuxa não tem essa visão de mercado kkk, se ela ainda tivesse uma Marlene guiando a carreira certeza que jamais iria pra Record

E só tinha Netflix de streaming grande praticamente né, isso ou virar Youtuber

Pior que o talk show dela lá era até que bom kkk só que o publico dela que não engaja nada. Se ela flopava na Globo, imagina na Record.

deu pra perceber q ela parece bem retrogada das ideias em relação a isso kkkk o projeto eh legal msm, mas medo de virar algum tipo de Um dia de princesa com netinho versão LGBTQ+

Amore? Nem existiam outras plataformas no Brasil, só a Netflix
E a Netflix nem conteúdo original brasileiro fazia até 2016/17. Jurou que eles iriam apostar logo num reality show com drag queens