Ex-galã da Globo, Felipe Folgosi leva 12 anos para fazer filme e 'perde' papel para Lucas Lucco

O ator Felipe Folgosi completou três décadas de carreira na TV pronto para um novo desafio: nesta quinta-feira (5), chega aos cinemas o filme Rodeio Rock, no qual ele faz sua estreia como roteirista. O galã da novela Olho no Olho (1993) terminou o texto em 2011 e passou mais de uma década tentando produzi-lo. A espera foi tanta que ele precisou desistir de fazer o papel principal, que acabou nas mãos de Lucas Lucco.

“Quando escrevi o filme, foi para que eu fizesse [o protagonista]. Mas aí se passaram 12 anos, fiquei velho demais para o papel (risos). Aí a gente preferiu manter o personagem com a idade original em vez de mudar tudo para que eu pudesse fazer”, admite Folgosi em conversa exclusiva com o Notícias da TV.

Rodeio Rock é uma comédia romântica que conta a história de Hero (Lucco), um roqueiro que odeia sertanejo. Mas ele precisa se inserir nesse universo caipira quando o astro Sandro Sanderlei (também Lucco) tem uma crise de saúde e precisa se ausentar dos palcos. Sósia do famoso, o aspirante a cantor aceita o desafio de substituí-lo durante alguns dias.

Só que a troca, no melhor estilo do clássico conto O Príncipe e o Plebeu, é ameaçada quando Hero se apaixona por Lulli (Carla Diaz), ex-namorada de Sandro. Ela nutre uma raiva incontrolável do cantor por ter sido traída publicamente no passado, mas se vê dividida quando percebe que ele mudou suas atitudes --sem desconfiar de que se trata de outra pessoa.

No fim, a escalação de Lucas Lucco acabou dando outra camada para Rodeio Rock --o artista, afinal, é um astro do sertanejo de verdade. “Foi um achado o Lucas, porque ele chega com propriedade, por ele mesmo ser desse universo da música. E ele já fez novela, está muito bem no papel, o que me deixou surpreso. E feliz também, porque eu obviamente quero que o filme vá bem [na bilheteria]”, valoriza Folgosi.

Folgosi com Charles Paraventi em cena de Rodeio Rock

Apesar de não ter ficado com o papel principal (ou, melhor dizendo, os papéis), Felipe Folgosi dá as caras no filme que escreveu na pele do ganancioso empresário Jacques, o antagonista da história --que tenta atrapalhar a vida de Hero e, por consequência, vira uma pedra no romance com Lulli.

“Escolhi fazer o vilão, que para mim acabou sendo muito divertido. Agora que estou um pouco mais velho, tenho mais oportunidades de fugir do galã, do mocinho, e fazer mais vilões. O que é uma delícia, claro!”, diz ele, que assume que sempre pensa em um personagem que pode interpretar quando escreve algum roteiro. “Não necessariamente o protagonista, mas eu sou ator, né? Atuar é o que eu mais amo fazer.”

Isso significa que Folgosi pensa em roteirizar mais filmes? “Então, eu estou lançando minha sétima história em quadrinhos, todas são roteiros de cinema que eu fui adaptando, transformando em HQs. Porque isso eu consigo fazer praticamente sozinho, né? Levanto o custo com financiamento coletivo. E olha que já dá muito trabalho! Cinema é uma escala muito maior, tem uma equipe gigante, precisa de mais dinheiro, tem uma série de coisas que encarece demais. Figurino, cenário, transporte…”, entrega.

“Espero que, daqui para a frente, com esse filme pronto para o mundo ver, surjam outras oportunidades [de roteirizar]. Quero adaptar meus quadrinhos para o cinema, e também tenho outros roteiros que não viraram HQ. Alguém pode pensar: ‘Ah, o Felipe agora faz roteiro?’, mas eu comecei a escrever profissionalmente em 2000, ganhei prêmio do Ministério da Cultura, então não é algo recente. É aquela coisa: você planta algo para colher depois.”

Rodeio Rock estreia nesta quinta-feira (5) nos cinemas. Além de Lucas Lucco, Carla Diaz e Felipe Folgosi, o elenco também conta com Felipe Hintze, Paula Cohen, Charles Paraventi, Marcelo Flores, Serjão Loroza e Vítor diCastro, entre outros. Confira o trailer da comédia romântica:

https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/filmes-na-tv/ex-gala-da-globo-leva-12-anos-para-fazer-filme-e-perde-papel-para-lucas-lucco-109499

Gostoso

Esse é bolsonarista roxo

1 curtida

Lixo bolsonarista

A Carla Diaz cheia de bomba no currículo

1 curtida

o lucas lucco tá se achando um felipe folgosi da vida

1 curtida

LIXO
e provavelmente é um lixo pois era um ator lixo

O minion de carteirinha

Eu li com o tom de voz dela kkkkkkkkkkkk